7.31.2017

poema futurista piqueniqueiro

E se até dá gosto cantar,
Se toda a terra sorri,
Quem não te há de amar menino a ti!?
O futuro das crianças começa redondo,
E flui num Rio até às nuvens,
Bem aventuradas mães de quem somos todas filhas e filhos,
Pelo seu Amor e sacrifício nossa gratidão eterna,
Faz sempre só o que te apetecer mas faz bem feito,
Estas crianças vão continuar a crescer e, esperamos, a sorrir para a vida e sua exigência.
É isso que ainda falta aos pais que assim continuarão a aprender.

Sem comentários: