6.29.2017

o caminho da vida depende...



Que disparate de post, foi divertido ir construindo mas agora ninguém vai ler: basicamente a ideia é que não há regras para traçares o teu caminho mas interessa ser muitas coisas bonitas.

... é sempre desconhecido e tem nesse segredo algo bom! não sabermos o que vai acontecer é giro: não gostava de poder prever o futuro, estraga as surpresas

... é contigo encontrar o teu ritmo nela, há quem ache que mais rápido é melhor e há quem queira fazer tudo mais lento, devagar para aproveitar o caminho: ninguém corre a maratona com velocidade de quem vai correr cem metros, ninguém ganha uma corrida de cem metros ao passo de maratona.

... pode ter fases em que é muito íngreme, outros desce;

... pode ter curvas, pode ter rectas;

nenhuma história/caminho giro é feito sempre a direito e sempre com sol, é preciso alguma luta para valer a pena.


... podes ir sozinho e com muitos amigos;


 ... com trânsito e/ou transitável;


... aberto, fechado; terreno amplo com o horizonte a perder de vista ou acanhado, pequeno, exíguo, minguado, diminuto, mínimo, minúsculo, curto, reduzido, encolhido, angusto, constrito, escasso, insuficiente, parco, pouco, módico, cerceado, limitado, parcial, restrito, estrito.


... a beira de rios, lagos, na natureza, na cidade;


... com ansiedade e/ou tranquilidade;


... à pressa e/ou devagar;


... luminoso e/ou sombrio;


... nem sempre estás contente, nem triste, nem sempre zangado, nem eufórico...



... fases em que escreves muito e/ou tiras fotos, outras que nem pensas no presente, recordas o passado, olhas para o futuro;
é connosco desfrutá-la, nem sempre é óbvio, nem fácil, nem simples mas é um privilégio estar vivo e não um direito


O caminho da vida depende de tanta coisa que uma vida não chega para fazer tudo, vou almoçar. 

BOAS COISAS!


 andar de cadeira de rodas,


 parar, descansar e relaxar

comer e beber


 e continuar o caminho

andar de muletas

andar de mota

andar de bicicleta
andar de carro




de Helicóptero

              de avião



                                                                  
                E POR AÍ!

Sem comentários: